segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Rouen, a cidade de Joana D'Arc.

Embarcamos (Ufa!  Consegui trazer a Aparecida) na Gare de Sait Lazare, para o nosso destino de hoje - a cidade de Rouen, a 1h 30min. de Paris.  De lembrar que, no trajeto, o comboio passou por Melun, a cidade que dá acesso a Giverny - a cidade da casa de Claude Monet (não irei até lá, durante esta viagem à França).

O trem, que  parte da Gare de Saint Lazare, é confortabilíssimo e de preço convidativo: 20 euros, ida e vota, na 2ª classe.  Céu impecavelmente azul.


Gare de Saint Lazare
Gare de Rouen
Estava eufórica para voltar a Rouen, a cidade onde a donzela Joana D'Arc morreu na fogueira, pelo simples fato de que, tendo ali estado, em excursão pela França e Inglaterra, com Cruzeiro pela Irlanda e Escócia, pouco conhecera da bela cidade.

Saímos da estação de Rouen - Rive Droit e caminhamos pela grande transversal à sua frente, passando pelo Donjon - Torre Jeanne D'arc,




Palácio da Justiça, 




Catedral,




...parando para um chocolate quente e um expresso no Paul e seguindo até à Darty para comprar um cartão memória para meu tablet.  Dali, indo até à Rua do Gros Horloge.




Iolanda Lopes de Abreu 

Nenhum comentário: