terça-feira, 22 de maio de 2018

A Linha 4 do Métro de Paris está sendo ampliada.

A Linha 4 do Métro de Paris, que liga Mairie de Montrouge a Porte de Clignancourt, passando por 25 estações, está sendo novamente ampliada. Ela irá até Hautes-de-Seine, localizada a 3 (três) quilômetros ao sul de Porte de Orleans, em Bagneux.
O terminal inicial da Linha 4, Porte d'Orleans, cedeu este status em 2013, para Marie deMontrouge.  Em 2021 a linha se estenderá um pouco mais para o sul, indo até Bagneux.
Mas, até onde irão os usuários?   A Bagneux - Champ des Oiseaux? A Bagneux - Nina Simone? Ou à Bagneux - Lucie Aubrac?  (Bagneux - Campo dos Pássaros?  Bagneux - Nina Simone? Ou Bagneux - Lucie Aubrac?).
Interessante que os moradores de Hautes-de-Seine e os usuários do meio de transporte poderão escolher o nome do futuro terminal.
Pela primeira vez, o nome de uma estação de metrô será escolhido pelo público em geral: habitantes de Bagneux, usuários de metrô etc. Esta escolha será feita através de uma votação eletrônica no site da RATP e da cidade de Hauts-de-Seine, entre 17 de maio e 17 de junho. Em comunicado, a prefeita da cidade Marie-Hélène Amiable explica: "Propomos aos habitantes três nomes que escolhemos para levar em conta a história da cidade e perseguir nosso objetivo de feminização da cidade." pois muito poucas estações de metrô atualmente teem o nome de uma mulher. 

Fonte: 20 Minutes Paris

Iolanda Lopes de Abreu

quinta-feira, 17 de maio de 2018

Les Jardins Nelson Mandela

Ufa!!! Acabaram as obras de Les Halles?  E o entorno?
Ah, no dia 19 de maio será inaugurado oficialmente, com a presença de Anne Hidalgo, o extenso (4,3 hectares) pulmão verde do local, que agraciará a Église de St. Eustache, a Bourse, o próprio novo Halles, enfim, um toque final para toda a área,.
Compareça com a família para as inúmeras animações gratuitas - sábado, após o meio dia - concerto, espetáculo de dança, atelier de envasamento de plantas e muito mais.

à la une
Foto Paris.fr -  Lucile Pescadère


Iolanda Lopes de Abreu



segunda-feira, 30 de abril de 2018

Nuit Blanche 2018.

Nuit Blanche é um evento gratuito, aberto ao maior número de pessoas com excelente preparo físsico (rsrsrs), privilegiando a criação contemporânea em todas as suas formas, durante uma jornada apresentando em cena o espaço público revisitado pelos artistas.

Em 2018, Nuit Blanche terá lugar em Paris, na noite de sábado, dia 6 de outubro, para domingo, dia 7 de outubro, sob a direção artística de Gaël Charbau. Em cada edição, projetos artísticos são associados ao evento como parte do programa OFF. Se você deseja participar, pode enviar um projeto artístico até o dia 30 de abril para a direção do evento.  Veja instruções em Paris. fr.

Esta data foi dose - retornarei dia 5.  Perderei o espetáculo que não deixa Paris dormir, de um sábado para um domingo, com o transporte público que não para 24 horas, e faz a multidão se locomover de um lado para outro, para assistir, ao máximo, as performances dos artistas.  A última Nuit Blanche da qual participei foi em 2015, mas quase não aproveitei, porque estava extremamente cansada, no dia em que aconteceu e, ainda, porque carregava uma mala sem alça.  Fica o lembrete:  só vá atrás das apresentações, se tiver muita disposição para andar, enfrentar filas e, metrô e ônibus entupidos de gente.  Apesar das dificuldades, vale a pena.


Iolanda Lopes de Abreu



quinta-feira, 26 de abril de 2018

Novo horário de funcionamento - Parques.

Após o sucesso do experimento iniciado em 2017, da abertura matinal de quatro espaços verdes em Paris, a cidade  agora amplia a medida. A partir de quarta-feira, 2 de maio, dez parques e jardins estarão abertos uma hora mais cedo aos parisienses e visitantes matinais.
No ano passado, a cidade de Paris decidiu realizar uma experiência em quatro parques e jardins municipais para avançar seu horário de funcionamento para 7h ou 8h, dependendo dos locais e dias da semana.
"A experimentação montada foi muito bem recebida pelos usuários do espaço verde parisiense. A cidade vai estender a partir de 2 de maio, esta medida, para 10 parques e jardins da capital que se ajuntam aos 137 espaços verdes abertos durante todo o ano", diz Pénélope Komitès, vice-prefeita de Paris, encarregada de espaços verdes, natureza na cidade, biodiversidade, agricultura urbana e negócios funerários.
Ao abrir seus espaços verdes mais cedo, a cidade de Paris oferece aos usuários, que desejam praticar atividade física, a oportunidade de fazê-lo desde as primeiras horas.
Essa abertura mais ampla de parques e jardins iniciada pela cidade de Paris responde à aspiração dos parisienses de ter mais espaços naturais na cidade e espaços de atividades ao ar livre.
Os 10 parques e jardins que abrirão no início da manhã:
Jardin Villemin (10º) - abertura às 7h,durante a semana, e às 8h, nos finais de semana;
Promenade plantada René Dumont (12º) - abertura às 7h30min, nos dias úteis e às 8h30min, nos finais de semana;
Kellerman Park (13º) - abertura às 7h, durante a semana, e às 8h, nos fins de semana;
Praça René le Gall (13º) - abertura às 7h, durante a semana, e 8h, nos fins de semana (somente entre 2 de maio e 15 de setembro);
Parc André Citroën (15º) - abertura às 7h, durante a semana, e 8h nos fins de semana;
Praça Sainte-Périne (16º) - abertura às 7h, durante a semana, e 8h nos fins de semana;
Martin Luther King Park (17º) - abertura às 7h, durante a semana, e às 8h nos fins de semana;
Jardins d'Eole (18º) - abertura às 7h, durante a semana, e 8h nos finais de semana;
Parc de la Butte du Chapeau Rouge (19º) - abertura às 7h, durante a semana, e 8h nos finais de semana;
Parc de Belleville (20º) - abertura às 7h, durante a semana, e 8h nos finais de semana.

Nota: Esta matéria foi traduzida, no todo, do publicado em Paris.fr, em 16/04/2018.

Iolanda Lopes de Abreu

segunda-feira, 23 de abril de 2018

Esquentou um pouquinho? Alergias

Notícia de capa do 20 Minutes Paris, já nesta terça-feira (segunda-feira, ainda, aqui no Brasil).  Tosse junto!
Nariz escorrendo, garganta arranhada, coceira nos olhos, unh, maus sinais.
O pólen de bétula é desenfreado depois de vários dias, um fenômeno acentuado pelo calor e pela poluição.

Não espere a crise se agravar. Coloque água morna e sal num recipiente bem lavado, de preferência uma xícara de cerâmica ou vidro, mexa bem e faça gargarejos 3 a 4 vezes por dia.  Mergulhe, na solução, um cotonete e passe-o nas narinas. Use colírio, pela manhã, logo cedo, à tarde e ao deitar.  Lave as mãos sempre que puder e use álcool gel, sempre após manusear corrimãos, dinheiro, apoiadores de metrôs e ônibus etc.  Tenha, com você, lenços de papel e nunca coce os olhos sem o auxílio deles.
télécharger l'édition PDF de Paris
Atenção, você que vai, por poucos dias. a Paris, pensando em aproveitar o máximo e dá
de cara com uma alergia terrível.


Iolanda Lopes de Abreu

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Inaugurado o Novo Palácio da Justiça, em Paris.

Foi inaugurado na úiltima segunda-feira, dia 16 de abril, o Novo Palácio da Justiça de Paris, que está localizado em Batignolles, no 17º arr. e as duas primeiras audiências foram realizadas neste dia mesmo, no Tribunal Civil do novo Forum, que mede de altura 160 metros, tem 38 andares, 90 salas de audiência (o antigo palácio tinha apenas26) e 24 km de corredores, tendo sido projetado pelo arquiteto italiano Renzo Plano.
Em dezembro de 2016, dando uma circulada pelo antigo tribunal, tive a oportunidade de apreciar as maquetes do que viria a ser este imponente prédio, que se encontravam ao lado da bela Salle des Pas Perdus
Raramente tem-se visto tantos jornalistas se apressarem para uma audiência no tribunal civil. Mas o que foi realizado nesta segunda-feira de manhã, às 9 horas, na sala 2.12, teve um gostinho excepcional. Foi o primeiro público do novo tribunal em Paris.

L'imposante salle des pas perdus du nouveau palais de justice.
A nova Salle des Pas Perdus,



Fonte: 20 Minutes Paris de 17/04/18.
Iolanda Lopes de Abreu

terça-feira, 17 de abril de 2018

GBL - a nova droga sintética.

Atenção mocidade que vai para Paris e não resiste às tão badaladas "baladas"!
A nova droga sintética, amplamente consumida por jovens frequentadores de festinhas e que vem preocupando as autoridades e os profissionais da noite, chama-se GBL e é prima do GHB, apelidado de "a droga do estuprador" e resultou num fenômeno que está se espalhando.  Desde o final de 2017, ocorreram em Paris, 10 comas entre jovens de 19 a 25 anos, sendo que um deles resultou em morte.
Em 10 de março, no XIII arr., a noitada no "Petit Bain" transformou-se numa tragédia, quando dois jovens entraram em coma, após ingerirem um líquido de garrafa que lhes foi oferecida, vindo um deles a óbito, após várias semanas de injternação.
Como sinal da firmeza das autoridades, seis instituições que abrigam o narcotráfico estão sujeitas, desde o início do ano de fechamento administrativo, o mesmo total de 2017. Três outros procedimentos estão em andamento, detalhou Michel Delpuech, entre eles, "limitar a venda destes produtos ou o seu fácil acesso, especialmente através da Internet"; até o verão, devem construir um "plano de ação de parceria" com profissionais que buscam "treinamento, conscientização e boas práticas" e, de maneira geral, aumentar a conscientização sobre os perigos da GBL, que parece água mineral.
Você tem entre 18 e 25 anos e já tomou GBL ou GHB à noite? Diga-nos por que e quais efeitos você experimentou? Você tem um amigo que teve que ser hospitalizado por causa de uma dessas duas drogas, ou você decidiu parar de tomá-las? Escreva para contribucao@20minutes.fr.

Fonte: 20 Minutes Paris

Iolanda Lopesde Abreu